FUNPAJ – Fundação Padre José Koopmans - Nota da Pastoral Carcerária: Não é crise, é projeto.
Publicado em 02/08/2017 ás 00:46h por João Luiz Monti

Nota da Pastoral Carcerária: Não é crise, é projeto.

“(…) enquanto não se eliminar a exclusão e a desigualdade dentro da sociedade e entre os vários povos, será impossível desarraigar a violência.” (Papa Francisco, Evangelii Gaudium, 59)

 

 

Apesar do clamor nacional que se seguiu aos massacres de Manaus, Roraima e Rio Grande Norte, o principal produto do sistema prisional brasileiro sempre foi e continua sendo a morte, a indignidade e a violência. Em números bastante subestimados, fornecidos pelas próprias administrações penitenciárias, no mínimo 379 pessoas morreram violentamente nas masmorras do país em 20161, sem que qualquer “crise” fosse publicamente anunciada pelas autoridades nacionais.

Nesse sistema, sob a tutela e responsabilidade do Estado, onde a mortalidade é 6,7 vezes maior do que fora dele, e as situações de violações sistemáticas de direitos são notórias e encontram-se detalhadamente registradas em uma infinidade de relatórios produzidos por organizações governamentais e não-governamentais, não foi por falta de avisos ou “recomendações” que as pessoas privadas de liberdade deixaram de ser mortas e vilipendiadas em sua dignidade.

O que se deduz da atual conjuntura é que a morte de centenas e a redução de centenas de milhares à mais abjeta degradação humana parece não ser digna de incomodo ou atenção quando executadas metodicamente e aos poucos, sob o verniz aparentemente racional das explicações de caráter gerencial, e sem que corpos mutilados sejam expostos ao olhar da mídia. O acordo rompido em Manaus, Roraima e Rio Grande do Norte não foi o da convivência pacífica entre as facções, que nunca existiu, mas entre o Estado e o “grande público”, a quem jamais deveria ser permitido enxergar as verdadeiras cores deste grande massacre brasileiro que se desenrola há tempos.

Leia a Carta na íntegra: http://carceraria.org.br/wp-content/uploads/2017/01/Nota_Massacres-.pdf

 

Fonte: http://carceraria.org.br/padre-valdir-encarceramento-em-massa-e-uma-bomba-para-explodir.html

[ Todo conteúdo da FUNPAJ pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, a FUNPAJ e, se for o caso, a fonte primária da informação. ]

0 Comentários

Deixe o seu comentário!